Dezembro laranja

O dezembro laranja é o mês de conscientização e prevenção ao câncer de pele.

O câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Apresenta altos percentuais de cura, se for detectado e tratado precocemente. Entre os tumores de pele, é o mais frequente e de menor mortalidade, porém, se não tratado adequadamente pode deixar mutilações bastante expressivas.

Mais comum em pessoas com mais de 40 anos, o câncer de pele é raro em crianças e negros, com exceção daqueles já portadores de doenças cutâneas. Porém, com a constante exposição de jovens aos raios solares, a média de idade dos pacientes vem diminuindo.

Pessoas de pele clara, sensíveis à ação dos raios solares, com história pessoal ou familiar deste câncer ou com doenças cutâneas prévias são as mais atingidas.

O câncer de pele não melanoma apresenta tumores de diferentes tipos. Os mais frequentes são o carcinoma basocelular (o mais comum e também o menos agressivo) e o carcinoma epidermoide.

Exemplos de tipos de câncer de pele do Instituto Oncoguia

Fique atento a manchas incomuns na pele, com formatos estranhos, que escureceram ou aumentaram de tamanho de forma rápida, se consulte com o dermatologista pelo menos uma vez ao ano.

Tatuagens podem esconder lesões relacionadas ao câncer de pele e demandam maior cuidado na prevenção, procure um especialista

Além disso tatuagens que sofrem constante exposição aos raios solares UVA e UVB de tornam desgastadas, desbotadas, podem sofrer alteração de cor e expandir os traços na pele

Tatuagem altamente danificada pelos raios solares, seu pigmento se tornou esverdeado e necessitou de uma reforma após algum tempo.
Tatuagem super desbotada após alguns anos e exposição
Tatuagem que sofreu alteração de cor e expansão do pigmento

O que fazer para prevenir o câncer de pele e o envelhecimento precoce da sua pele e da sua Tattoo?


A boa notícia é que o câncer de pele é de fácil prevenção pelo controle dos fatores de risco. 
Evitar exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h.
Procurar lugares com sombra.
Usar proteção adequada, como roupas, bonés ou chapéus de abas largas, óculos escuros com proteção UV, sombrinhas e barracas.
Aplicar na pele, antes de se expor ao sol, filtro (protetor) solar com fator de proteção 30, no mínimo. É necessário reaplicar o filtro solar a cada duas horas, durante a exposição ao sol, bem como após mergulho ou grande transpiração. Mesmo filtros solares “à prova d’água” devem ser reaplicados.
Usar filtro solar próprio para os lábios.
Em dias nublados, também é importante o uso de proteção.
As tatuagens podem esconder lesões, portanto, merecem atenção.
Nas atividades ocupacionais, pode ser necessário reformular as jornadas de trabalho ou a organização das tarefas desenvolvidas ao longo do dia.

Para proteger sua pele e Tattoo no dia a dia use o Protetor Solar Tattoo Long Life FPS 54

Nosso protetor solar possuí tanto barreiras físicas e químicas e possui toque seco ideal para o uso diário.

Protetor Solar FPS 54

Os tatuadores têm sido treinados e aliados na identificação dos diversos tipos de câncer de pele

Referências:

https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-pele-nao-melanoma

https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/cancer-de-pele-saiba-como-prevenir-diagnosticar-e-tratar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s