3 dicas sobre perfuração do Piercing.

3 dicas perfuração piercing

1. A pistola para piercing não é um método tão confiável quanto a agulha

Perfurar o lóbulo da orelha com uma pistola para piercing provavelmente seja um dos métodos mais populares e, ao mesmo tempo, mais perigosos para fazer uma perfuração.

Pelos seguintes motivos:

  • Durante a perfuração, partículas de sangue podem cair no instrumento. A pistola para piercingde plástico é impossível de ser desmontada completamente e ela não é colocada em água fervida ou em autoclave para ser esterilizada com vapor. É por isso que existe o risco de contrair uma doença, até mesmo hepatite viral, cujos patógenos não são eliminados com uma simples fricção com álcool;
  • A perfuração com uma pistola é realizada com um brinco ligeiramente afiado. Ao contrário de uma agulha especialmente afiada e oca, o brinco literalmente rasga o tecidodo lóbulo da orelha. Tal ferida será curada com muito mais dificuldade e demorará mais tempo. Se você furar a cartilagem com a pistola, por exemplo, a parte superior da orelha ou a asa do nariz, as complicações estarão praticamente garantidas;
  • Ao usar uma pistola, a orelha é pressionada, o que aumenta ainda mais o risco de lesão. Por esse mesmo princípio, a pistola não pode simplesmente fazer uma perfuração reta exatamente na linha de marcação: a probabilidade de que ela fique assimétrica é muito grande.

 

2. Tipos de jóias para realizar a perfuração

 

  • O ouro de alta qualidade (18 e 24 quilates) é difícil de encontrar e, claro, custa muito dinheiro. O mais comum é o de 14 quilates, que consiste de 58,5% de metais preciosos e 41,5% de “aditivos” (níquel, cobre, prata e paládio). Destas impurezas, o níquel representa um perigo especial, já que é considerado o metal que mais causa alergia e pode desencadear diferentes formas de dermatite por contato. Ele é encontrado principalmente em produtos de ouro branco — no amarelo, o cobre geralmente prevalece;
  • Uma excelente variante para uma perfuração recente poderia ser a prata 925, se ela não oxidar: essa reação química não contribui para a cicatrização;
  • O aço inoxidável é classificado como um metal hipoalergênico. As agulhas para perfurações são feitas com ele. Mas nem todos os aços cirúrgicos são adequados para uso durante a cicatrização. Deve ser usado unicamente o aço não fundido de alta qualidade, ou seja, sem impurezas. Mas é bem difícil encontrá-lo;
  • Para uma perfuração pela primeira vez, é melhor usar materiais que não mantenham um contato ativo com a pele. Por exemplo, o titânio leve e hipoalergênico (é um metal durável usado em próteses e implantes dentários) ou polímeros biocompatíveis (bioplástico, bioflex, politetrafluoretileno — o famoso teflon). Na verdade, esses produtos flexíveis precisam de uma renovação constante, já que depois de alguns meses eles podem endurecer e começar a perder a cor.


3. C
apacidade de regeneração da pele perfurada.

O fato é que a capacidade de regeneração difere para cada pessoa.

  • Por exemplo, há pessoas que removem o piercing no final do verão e para a próxima estação, terão que fazer a perfuração novamente. Enquanto, em outras, o furo não fechará por até 3 anos.
  • Se você quer se livrar da marca de um piercing, use uma pomada para regeneração de tecidos e um creme cicatrizante. Mas isso não é uma garantia. Às vezes, é preciso procurar um cirurgião, especialmente se usa acessórios pesados ​​em furos antigos.

via fonte

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s